%TEMPO%
Curta no Facebook:
Colunistas
Coluna
Antes que eu me esqueça: filme discute relações familiares na velhice
Com direção de Tiago Arakilian, trama mostra como juiz aposentado lida com início da demência e o que isso interfere na sua relação com os filhos. Com José de Abreu e Danton Mello nos papéis centrais
29/05/2018

Foto: divulgação

O avanço da ciência, da tecnologia e da medicina, com o consequente aumento da expectativa de vida, é motivo para se comemorar, sem dúvida. No entanto, idade avançada não corresponde à melhoria da qualidade de vida das pessoas. Tanto é verdade que o número de idosos com demência vem crescendo nas últimas décadas e a grande maioria das pessoas não sabe lidar ou cuidar adequadamente de seus familiares, que de uma hora para outra perdem a lucidez.

Este é o tema central do filme de Tiago Arakilian, Antes que eu me esqueçaem que um juiz aposentado, o Dr. Polidoro vivido por José de Abreu, é surpreendido com uma ação de interdição judicial impetrada pela filha Bia, interpretada por Letícia Isnard. Na audiência, o juiz quer saber a opinião do outro filho, Paulo vivido por Danton Mello, sobre o estado mental de Polidoro. Como pai e filho há anos não mantêm contato, o magistrado determina que eles devem ter encontros semanais durante três meses e só depois ele poderá tomar sua decisão.

O filme começa com a apresentação da orquestra em que Paulo toca percussão; frustrado por não ter seguido a carreira de pianista, ele resolve abandonar a orquestra pouco antes da gravação de um DVD. Inconformado com a atitude do amigo, o primeiro pianista da orquestra, David (Augusto Madeira), se compromete a ajudar Paulo nos ensaios para novo teste de piano para a filarmônica.

Paralelamente, Bia tenta convencer o irmão do estado real de Polidoro e avisa da audiência no fórum. Depois da determinação judicial que pai e filho precisam se encontrar semanalmente (com supervisão do 
Ministério Público, representado por Maria Pia, interpretada por Mariana Lima), Polidoro põe em prática seu plano: compra uma boate de striptease. Ao lado de Alceu, o antigo proprietário vivido por Eucir de Souza, e com o apoio da garçonete Joelma (Guta Stresser), Polidoro promove uma grande reforma na boate, trazendo inclusive o velho piano da família para lá. Paulo e David não só passam a ensaiar na boate, como participam dos novos shows: David coordena a apresentação das bailarinas enquanto Paulo torna-se o pianista da casa. Até aí tudo corre muito bem, com o negócio apresentando melhoras. Entretanto, a demência de Polidoro vem se agravando e ele não consegue mais esconder de ninguém seu problema: tem um surto, sai de cueca pelas ruas e Paulo é que consegue fazer com que o pai volte a si.

Neste momento do roteiro, assinado por Luísa Parnes, é que a relação pai e filho, até então recheada de atritos e traumas, sofre uma profunda transformação — as cenas da reconciliação são comoventes. Sem cair em melodrama, o diretor propõe um desfecho que surpreende e emociona ao mesmo tempo. Grandes atuações de José de Abreu, Danton Mello, Guta Stresser e Augusto Madeira. Não perca, mas vá logo ao cinema antes que o filme saia de cartaz. Infelizmente atitude comum com as produções nacionais.

Acesse meu blog: www.favodomellone.com.br

Últimas Postagens
Guia Comercial
Selecione abaixo e encontre tudo o que precisar:
Colunistas
  • Maurício Mellone
    Jornalista formado pela PUC-SP, tem mais de 30 anos de experiência e já atuou em revistas, jornais, TV, rádio e assessoria de imprensa. Hoje é ...
  • Claudia Hallgren
    Psicóloga, sexóloga, Instrutora de Yoga e palestrante atualmente desenvolve o projeto Dança terapia e atendimentos clínicos em Cpo Lpo Pta e ...
  • Luiz Carlos Zeferino
    Designer, Ilustrador e Empreendedor . Cursou Publicidade e Games na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Atualmente é ...
  • João Justino
    João Justino Leite Filho: Diretor/Ator; Escritor da Editora IBEP-Nacional desde 1986; Autor da música "Canto de Amor", editada no livro didático ...
  • Jennifer Oliveira
    Curiosa no campo de gastronomia, seguindo criando e reinventando receitas. Apaixonada por tudo que remete ao mundo culinário. Desta paixão surgiu o ...
  • Alexandre Roccar
    Assessor de imprensa há 15 anos, formado em Marketing, especializado em Marketing Político, Coordenador de várias campanhas eleitorais. Autor dos ...
Atendimento
  • Segunda a Sexta de 09:00 as 18:00hs
  • Telefone: (11) 4812 - 3768
  • E-mail: info@campolimponet.com.br
  • Skype:
Redes Sociais
  • Siga-nos e compartilhe